Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ex-primeiro ministro do Paquistão condenado por corrupção

Ex-primeiro ministro do Paquistão condenado por corrupção
Tamanho do texto Aa Aa

Nawaz Sharif, ex-primeiro do Paquistão, foi condenado a 10 anos de prisão e a uma multa de 10 milhões e 600 mil dólares por corrupção. A filha e o genro também foram condenados.

O veredicto veio abalar a já conturbada campanha para as eleições de 25 de julho. Mas Sharif viveu o momento à distância, em Inglaterra, onde se encontra a acompanhar os tratamentos médicos da mulher.

O caso remonta à década de 90, quando o político e a família fizeram lavagem de dinheiro para comprar quatro apartamentos em Londres.

A sentença agora proferida veio marcar um momento histórico no país: pela primeira vez, um ex-primeiro ministro foi condenado por corrupção no Paquistão.

Já em 2017, Sharif tinha sido destituído do cargo executivo pelo Supremo Tribunal, na sequência de uma investigação do governo à riqueza da família, após a divulgação do caso "Panama Papers".