Última hora

Última hora

Geração milénio em destaque no Mittelfest

Geração milénio em destaque no Mittelfest
Tamanho do texto Aa Aa

No extremo nordeste da Itália, muito perto da fronteira com a Eslovénia, a cidade de Cividale é palco para as artes visuais e performativas da Europa central. Desde 1991 que é assim, o Mittelfest faz desfilar teatro, dança, música, cinema ou poesia.

Este ano, a geração milénio ganha destaque no palco principal. O festival é dedicado aos criadores que chegaram a adultos no século 21.

O bósnio Haris Pašović é o diretor este ano do Mittelfest. Diz que este "é um festival fora do comum que junta artistas de diferentes especialidades, vindos de culturas diferentes, com origens étnicas e raciais diferentes. Por isso é completamente diverso." Pašović sublinha também o facto de estar "no top dos festivais europeus que equilibram a participação de artistas mulheres e homens".

A diversidade de práticas, conceitos e protagonistas desfila até 15 de julho pelos vários palcos da cidade italiana de Cividale. A arte que tantas vezes representa de forma crítica a sociedade num dos mais emblemáticos festivais de artes performativas da Europa.

Mais sobre Cult