Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Londres diz que tudo não passa de "especulação selvagem"

Londres diz que tudo não passa de "especulação selvagem"
Tamanho do texto Aa Aa

"Especulação selvagem" é a resposta do ministro da Segurança britânico, Ben Wallace, à notícia de que a polícia britânica teria identificado os suspeitos do ataque contra o ex-agente russo Serguei Skripal e a filha. A notícia foi avançada esta quinta-feira pela Press Association, que disse que os autores do envenenamento, que vitimou depois um casal britânico, eram russos.

Do lado da Rússia, também se continua a negar a autoria do ataque. "Todas as acusações feitas contra a Rússia não se basearam em factos. De qualquer maneira, os investigadores britânicos não têm provas. Mas apesar deste facto, a Rússia foi acusada de envolvimento imediatamente a seguir ao envenenamento. E essas alegações não correspondem à realidade", disse à Euronews, em Moscovo, Alexander Vladimirovich Yakovenko, embaixador russo em Londres.

A Rússia tem negado estar envolvida no ataque contra os Skripal, mas o caso provocou uma grave crise diplomática entre Moscovo e vários países ocidentais, com a expulsão mútua de diplomatas.

Segundo a Press Association, a identificação teria sido feita através de imagens de videovigilância e os autores do envenenamento com Novichok são russos.

A família Skripal acabou por recuperar, mas um casal britânico, intoxicado no passado dia 30 de junho, em Amesbury, uma zona perto de Salisbury , não teve a mesma sorte. A mulher morreu e o homem continua internado em estado grave.