Última hora

Visita à Irlanda do Norte de Theresa May

Visita à Irlanda do Norte de Theresa May
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A primeira-ministra britânica Theresa May está na Irlanda do Norte para uma visita de dois dias.

A visita tem dois objetivos. Relativamente à situação política, após a demissão do vice-primeiro-ministro Martin McGuinness a assembleia legislativa em Stormont não reúne desde Janeiro do ano passado. A primeira-ministra irá tentar ultrapassar o impasse, o que lhe trará benefícios para os seus planos para o brexit.

No que diz respeito à saída da União Europeia, Theresa May visitou a fronteira de Fermanagh, situada no distrito eleitoral de Arlene Foster, líder do Partido Unionista Democrático (DUP), parceiro do governo minoritário da primeira-ministra britânica desde o ano passado. Theresa May e o ex-ministro para o brexit David Davis tinham sido alvo de críticas por nunca terem visitado a dita fronteira desde o brexit apesar desta ser um dos pontos mais sensíveis das negociações.

No seu discurso de hoje, Theresa May irá oferecer garantias dos efeitos positivos dos seus planos de Chequers para a Irlanda do Norte, e frisar que a União Europeia terá que fazer concessões relativamente ao chamado sistema de backstop na dita fronteira.

A questão da fronteira é um imbróglio político para a primeira-ministra britânica. Trata-se de uma extensão de cerca de 500km com 270 pontos de passagem e ninguém deseja quaisquer controlos nesta fronteira. O Partido Unionista Democrático (DUP) está a pressionar Theresa May para que a Irlanda do Norte beneficie exactamente dos mesmos termos que os do acordo final de brexit para a Inglaterra, País de Gales e Escócia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.