A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protestos em Varsóvia contra reforma judicial

Protestos em Varsóvia contra reforma judicial
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro pessoas foram detidas durante os protestos da passada sexta-feira em frente ao parlamento de Varsóvia. Dois agentes da polícia ficaram feridos nesta manifestação contra a reforma judicial no país e contra uma nova legislação que permite ao governo nomear os membros e o Presidente do Supremo Tribunal.

Esta é a mais recente iniciativa do partido Direito e Justiça, conservador e eurocético, que pretende reduzir a autonomia do Poder Judicial e agilizar as nomeações. A medida tem o apoio do presidente da República, Andrzej Duda.

As medidas são criticadas por organizações de direitos humanos e pelos partidos da oposição polacos. A União Europeia abriu um procedimento contra a Polónia por potencial "violação do Estado de Direito" e o país corre o risco de perder milhões de euros em ajudas da UE.