Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Presidente da Nicarágua garante que não abandona o cargo

Presidente da Nicarágua, Daniel Ortega em entrevista à Euronews
Presidente da Nicarágua, Daniel Ortega em entrevista à Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Desde Abril que as ruas da Nicarágua são um mar de azul e branco. Com a bandeira do país nas mãos, milhares de estudantes exigem a demissão do Presidente Daniel Ortega.

Manifestações que em muitos casos acabam em violência com a polícia e onde já morreram mais de 300 pessoas.

O jornalista da Euronews Óscar Valero entrevistou o homem no centro da contestação.

Euronews: Em nenhum caso, em nenhum momento do diálogo você pensa renunciar ao cargo ou convocar eleições antecipadas?

Daniel Ortega: Nunca aconteceu na América Central, na Colômbia de cada vez que houve um processo de paz nunca se pensou em convocar eleições... e com todo o sangue derramado na América Central, nunca se falou nisso.

Euronews: E você também não o equaciona?

Daniel Ortega: Não, não equaciono.

Euronews: Ou seja é você ou a anarquia?

Daniel Ortega: Como?

Euronews: É você ou a anarquia é o que me está a dizer!

Daniel Ortega: Sim, ou seja seguir este caminho é abrir as portas à anarquia na Nicarágua.

Uma entrevista para ver na próxima terça-feira aqui na Euronews.