EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

UE estende sanções a mais seis empresas russas

UE estende sanções a mais seis empresas russas
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As seis empresas encontram-se envolvidas na construção de uma ponte entre a Crimeia e a Rússia

PUBLICIDADE

A União Europeia incluiu mais seis empresas russas na lista de entidades afetadas por sanções.

As seis empresas estão envolvidas na construção de uma ponte na Crimeia.

A ponte ferroviária e rodoviária liga a Rússia ao território ucraniano ilegalmente anexado por Moscovo em 2014.

Três das empresas envolvidas pertencem a Arkady Rotenberg, um amigo pessoal do presidente Vladimir Putin.

O projeto custou cerca de três mil milhões de euros. Em maio o presidente Putin deslocou-se ao local para a inauguração oficial.

A anexação do território foi alvo de condenação pelo Ocidente que impôs sanções sobre a Rússia.

Segundo o Conselho da União Europeia, todas as seis empresas terão os seus bens congelados em território europeu.

O chefe da diplomacia ucraniana, Pavlo Klimkin, acolheu as notícias com agrado.

Uma porta-voz do ministério russo dos negócios estrangeiros descreveu a ação da UE como um ataque dirigido aos residentes da Península.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA não reconhecem Crimeia como parte da Rússia

Vladimir Putin de visita à Crimeia

Mogherini diz que UE não reconhecerá eleições russas na Crimeia