Última hora

Táxistas espanhóis terminam greve

Táxistas espanhóis terminam greve
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após seis dias de protestos em Espanha, os taxistas terminaram na quarta-feira a greve que lançou o caos nas principais artérias de várias cidades.

Milhares de taxistas participaram nos protestos contra plataformas digitais como a Uber.

Os taxistas afirmam que estes serviços estão sujeitos a menos regulação o que torna praticamente impossível concorrer contra eles.

A crescente popularidade das plataformas digitais nos últimos anos em Espanha causou mudanças profundas no setor dos transportes urbanos.

O governo aceitou limitar o número de licenças a apenas uma por cada trinta licenças de táxi tradicionais.

Atualmente em Espanha existem 9 mil licenças para condutores de plataformas digitais contra cerca de 70 mil licenças tradicionais.

Igualmente em Londres, a associação profissional dos táxistas está a considerar um processo judicial coletivo contra a Uber.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.