Trump Junior recolheu informação política junto dos russos

Natalia Veselnitskaya e Donald Trump Junior encontraram-se em Junho de 2016
Natalia Veselnitskaya e Donald Trump Junior encontraram-se em Junho de 2016 Direitos de autor D.R.
De  Teresa Bizarro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente norte-americano confirmou contactos entre o filho e uma advogada próxima do Kremlin para recolha de informação sobre um "opositor" durante a campanha

PUBLICIDADE

Mais de dois anos depois, Donald Trump confirma encontro entre o filho e uma advogada com ligações ao governo russo durante a campanha para as presidenciais para falar de questões políticas.

A reunião entre Donald Trump Junior e Natalia Veselnitskaya decorreu em Junho de 2016 na Trump Tower, em Nova Iorque.

Numa mensagem divulgada via Twitter, o presidente norte-americano admite o encontro ao desmentir estar preocupado com o filho. Diz que a reunião aconteceu para recolher informação sobre um opositor e que este é um procedimento comum na política, dentro da lei.

Em declarações à ABC News, Jay Sekulow, advogado do presidente norte-americano, também não encontra ilegalidades na reunião. "A verdadeira questã é saber se o encontro constitui por si uma violação da lei", diz, apelando a que se aponte "que leis, regulamentos estatutos foram alegadamente violados."

A reunião entre Donald Trump Junior e a advogada próxima do Kremlin seria para recolher informação sobre Hillary Clinton.

A mensagem do presidente norte-americano vem agora provar também que o seu filho não foi honesto quando no ano passado emitiu um comunicado dizendo que o encontro tinha sido "sobretudo" sobre a adopção de crianças russas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trump pode encontrar-se com iranianos "quando eles quiserem"

Trump aprovou encontro com russos sobre presidenciais diz ex-advogado

Trump admite interferência da Rússia nas presidenciais de 2016