Última hora

Última hora

Aquarius: Os sorrisos dos 67 menores a bordo escondem a realidade

Em leitura:

Aquarius: Os sorrisos dos 67 menores a bordo escondem a realidade

Aquarius: Os sorrisos dos 67 menores a bordo escondem a realidade
Tamanho do texto Aa Aa

À deriva no mar entre Malta e Itália, sem porto de destino, a situação do Aquarius "piora de dia para dia".

A Euronews falou com Nick Romaniuk, coordenador da SOS Mediterrâneo, que nos disse que a situação a bordo vai piorando com o passar do tempo.

"As pessoas estão no convés, está muito quente e quase não há vento, não é nada confortável." Quanto à saúde dos migrantes, o coordenador afirmou que os Médicos Sem Fronetiras estão a "tratar" de quem precisa de tratamento.

Das 244 pessoas que estão a bordo do navio de resgate, 67 são menores desacompanhados. Mas nem por isso deixam de fazer a vida normal de uma criança. Os sorrisos escondem a verdadeira situação no Aquarius."São muitas crianças! Têm brinquedos, que já deviam ter trazido quando entraram no navio.", disse.

Apesar de Portugal já se mostrar disponível para receber alguns migrantes do Aquarius e até de outras embarcações que estão retidas em Malta, a solução, para o coordenador, passa por "atracar o mais rápido possível" porque "as condições não melhoram".