Coreias preparam reunião temporária de famílias separadas pela guerra

Coreias preparam reunião temporária de famílias separadas pela guerra
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As famílias foram separadas depois do armistício de 1953 e desde 2000 que são organizadas reuniões familiares. Nunca ninguém teve oportunidade de repetir a experiência do reencontro. Tecnicamente, a Coreia do Sul e a Coreia do Norte estão ainda em guerra,

PUBLICIDADE

Chegou para alguns coreanos o momento de único de um encontro de uma vida. Começou o processo de reunião temporária de famílias separadas pela guerra coreana na década de 50. A Cruz Vermelha gere os procedimentos administrativos e de orientação antes dos sul-coreanos seguirem viagem para a Montanha Diamante na Coreia do norte.

Pela frente vão ter seis reuniões com os familiares num total de 11 horas combinadas durante três dias.

"Vou encontrar-me com os meus sobrinhos que são os filhos do meu irmão mais velho. O meu irmão morreu e ouvi dizer que os meus sobrinhos estão vivos e eu nunca vi as caras deles. O que posso eu dizer para além de que estou radiante", refere Lee Kwan-joo, de 93 anos.

"Estou contente, não vou poder ver o meu filho mas vou encontrar-me com a minha neta", explica Kwon Seok, com 94 anos.

Cerca de 20 mil pessoas pessoas já participaram neste género de reuniões familiares em 20 ocasiões desde o ano 2000. Nunca ninguém teve a chance de repetir o encontro. O adeus será definitivo...

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

As duas Coreias confirmam cimeira de líderes em Pyongyang

Coreias chegam a acordo histórico para a paz

Dar um concerto num antigo depósito de ogivas nucleares