Última hora

Última hora

U2 vão promover a União Europeia nos concertos

Em leitura:

U2 vão promover a União Europeia nos concertos

U2 vão promover a União Europeia nos concertos
Tamanho do texto Aa Aa

Bono, vocalista da banda irlandesa U2, defendeu que "a Europa é um pensamento que precisa de se tornar um sentimento".

A Europa é um pensamento que precisa de se tornar um sentimento

Bono Vocalista dos U2

O músico escreveu um texto para um jornal alemão no qual reflete sobre "o futuro e as ameaças à União Europeia".

Para ajudar a defender o projeto, a banda vai promover o ideal comunitário na digressão que tem passagem marcada por Lisboa, a 16 e 17 de setembro.

Bono considera que a palavra patriotismo "foi roubada por nacionalistas e extremistas" e que a ideia de uma Europa unida "merece que se lhe dediquem canções e se agitem grandes bandeiras azuis nos concertos".

"Disseram-me que uma banda de rock está no seu melhor quando é um pouco transgressora: quando estica os limites do chamado bom gosto, quando choca, quando surpreende", escreveu.

"Imagino que mesmo para um público de rock, agitar uma bandeira da UE nos dias de hoje é um aborrecimento, uma chatice, uma referência kitsch ao Festival da Eurovisão, mas para alguns de nós tornou-se um ato radical", defendeu Bono.

O músico lembra que a mesma Europa que durante muito tempo provocava um bocejo, "hoje desencadeia uma disputa de gritos na mesa da cozinha", que é um palco de forças poderosas, emocionais e conflituantes que vão moldar o futuro.

"O nosso futuro", sublinha o cantor, considerando: "não há como negar que estamos todos juntos neste barco, em mares agitados pelo clima extremo e pela política extremista".