Última hora
This content is not available in your region

Tribunal vota contra candidatura de Lula da Silva

euronews_icons_loading
Tribunal vota contra candidatura de Lula da Silva
Tamanho do texto Aa Aa

Luiz Inácio Lula da Silva foi impedido de se candidatar à Presidência do Brasil, devido à condenação por corrupção.

Depois de uma longa sessão e seguindo a maioria dos votos, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu rejeitar a candidatura. Os ministros decidiram que o ex-presidente não pode fazer campanha.

Lula cumpre uma sentença de 12 anos e um mês de prisão, no âmbito da Operação Lava Jato, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, mas o Partido dos Trabalhadores apresentou-o como candidato presidencial dizendo que é inocente.

O PT tem agora 10 dias para o substituir. Até que esta substituição seja feita, o partido fica proibido de fazer atos de campanha recorrendo à imagem de Lula.

Apesar da condenação, Lula da Silva lidera as sondagens de opinião, com 39% do apoio dos eleitores. O antigo presidente do Brasil afirma que foi vítima de uma conspiração para bloquear o seu regresso ao poder.

Siga-nos no Instagram: