EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Aufstehen", o novo movimento de esquerda na Alemanha

"Aufstehen", o novo movimento de esquerda na Alemanha
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Movimento pretende responder ao crescimento do partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD), a principal força de oposição no Parlamento, dominado pelo discurso anti-imigração, e ao impacto sobre o "Die Linke"

PUBLICIDADE

"Levantar-se", em nome de uma mudança política na Alemanha. É o lema do movimento de esquerda "Aufstehen", apresentado esta terça-feira em Berlim.

Inspira-se em outros movimentos como o "Podemos", em Espanha, ou a "França Insubmissa", de Jean-Luc Mélenchon.

"O que estamos a viver na Alemanha neste momento é uma sólida crise de democracia. Muitas pessoas não se sentem representadas pelos nossos políticos, pelo Governo, pela política. Sentem-se passadas para trás, abandonadas", sublinhou, em conferência de imprensa, Sahra Wagenknecht, deputada do partido de esquerda "Die Linke" e uma das fundadoras do "Aufstehen."

O movimento interpartidário pretende encorajar "as pessoas que não se sentem bem em nenhum partido a agir", sem que para isso tenham de abandonar as respetivas formações.

"O nosso objetivo é mudar os partidos. Apresentámos uma agenda. Se esta se puder tornar numa agenda comum para os partidos que lutam pela liderança, penso que podemos ganhar novas maiorias e ter um Governo diferente", acrescentou Sahra Wagenknecht.

Movimento assumido e não um partido, o "Aufstehen" já conseguiu atrair mais de 100 mil apoiantes. Entre eles, o também fundador e marido de Sahra Wagenknecht, Oskar Lafonataine. No passado abandonou os sociais-democratas para fundar o "Die Linke."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia alemã mata homem que esfaqueou três pessoas numa festa do Euro 2024

Alemanha goleia Escócia no jogo inaugural do Euro 2024

Chegada da seleção portuguesa deixa centenas em euforia e até houve rancho folclórico