EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ministério Público acusa Fernando Haddad de corrupção e formação de quadrilha

Ministério Público acusa Fernando Haddad de corrupção e formação de quadrilha
Direitos de autor  REUTERS/Rodolfo Buhrer
Direitos de autor  REUTERS/Rodolfo Buhrer
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A acusação ao provável candidato a presidente da República pelo Partido dos Trabalhadores, de Lula da Silva, é um novo desdobramento da investigação envolvendo a UTC Engenharia.

PUBLICIDADE

O Ministério Público de São Paulo acusou Fernando Haddad dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

A acusação ao provável candidato a presidente da República pelo Partido dos Trabalhadores, de Lula da Silva, é um novo desdobramento da investigação que envolve a UTC Engenharia.

Ricardo Pessoa pagou, alegadamente, uma dívida de 2,6 milhões de reais da campanha de Fernando Haddad, em 2012, à Prefeitura de São Paulo, com recursos de uma caixa dois.

A defesa de Haddad ainda não se pronunciou sobre o caso.

A acusação do Ministério Público surge horas depois do antigo presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, ter decidido manter-se como candidato do Partido dos Trabalhadores no escrutínio presidencial de outubro.

O PT avança com dois recursos de efeito suspensivo junto do Supremo Tribunal Federal, para tentar travar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que no sábado recusou a candidatura de Lula tendo por base a Lei da Ficha Limpa.

Fernando Haddad, o "vice" de Lula, informou que o caso será apresentado junto do Comité dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Geórgia veta lei que provocou semanas de protestos

As notícias do dia | 17 maio 2024 - Tarde

As notícias do dia | 17 maio 2024 - Manhã