Última hora

Última hora

O assombroso retrato de Van Gogh em Veneza

Em leitura:

O assombroso retrato de Van Gogh em Veneza

O assombroso retrato de Van Gogh em Veneza
Tamanho do texto Aa Aa

Entre os 21 filmes em competição pelo Leão de Ouro nesta 75.ª edição do Festival de Veneza encontra-se "At Eternity's Gate" - Às portas da eternidade, do realizador e pintor Julian Schnabel.

Um assombroso retrato do pintor holandês Vincent Van Gogh, interpretado pelo norte-americano William Dafoe, que deu vida ao sargento Elias Gordin em "Platoon - Os Bravos do Pelotão" (1986).

Aos jornalistas, Julian Schnabel contou que o filme se centra na "personalidade sensível" de Van Gogh e no processo criativo do pintor, alguém muito mais do que um louco.

"Vincent Van Gogh escreveu grande parte do guião. Muito do que é dito foi encontrado nas cartas dele. Penso que era um homem absolutamente lúcido."

É verdade que o artista passa por episódios psicóticos, vítima de tormentos mentais. Mas a narrativa conta uma tensão emocional interna e o guião evita o recurso fácil à externalização de uma loucura desenfreada.