EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

José Eduardo dos Santos deixa o MPLA de "cabeça erguida"

José Eduardo dos Santos cumprimenta João Lourenço no Congresso do MPLA
José Eduardo dos Santos cumprimenta João Lourenço no Congresso do MPLA Direitos de autor LUSA/AMPE ROGÉRIO
Direitos de autor LUSA/AMPE ROGÉRIO
De  Ricardo Borges de Carvalho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No discurso de despedida da vida política, o agora Presidente emérito do Movimento Popular de Libertação de Angola admite que cometeu erros, mas que nenhuma atividade humana está isenta de errar.

PUBLICIDADE

Quase 39 anos depois de ter sido eleito pela primeira vez, José Eduardo dos Santos deixou este sábado de ser Presidente do MPLA.

No 6º Congresso extraordinário do Movimento Popular de Libertação de Angola, que decorreu em Luanda, o ex-Presidente angolano passou a responsabilidade para João Lourenço, que também o sucedeu como Chefe de Estado.

Na altura de se despedir da vida política, José Eduardo dos Santos garante que sai de cabeça erguida e fez um balanço das quase quatro décadas à frente do partido.

"Não existe, naturalmente, qualquer atividade humana isenta de erros e assumo que também os cometi”, disse o agora Presidente emérito do MPLA.

O sucessor na liderança do partido, João Lourenço, lembrou e elogiou o legado de Eduardo dos Santos no primeiro discurso

"Neste momento em que deixa a política ativa, os militantes do MPLA e o povo angolano em geral guardarão para sempre na sua memória a imagem de estadista que, entre outros feitos, trouxe a tão almejada paz definitiva, o perdão e a reconciliação nacional entre irmãos antes desavindos", disse João Lourenço.

José Eduardo dos Santos tem recebido inúmeras homenagens em Angola nas últimas semanas, devido à paz e estabilidade política que conseguiu implementar no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ex-presidente José Eduardo dos Santos regressa a Luanda

António Costa em Angola para "falar do futuro"

Repatriamento de general Ben Ben tem "grande significado histórico"