Última hora

Última hora

O Florence perdeu força mas continua muito perigoso

Em leitura:

O Florence perdeu força mas continua muito perigoso

O Florence perdeu força mas continua muito perigoso
Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes da Carolina do Norte e da Carolina do Sul e da Virgínia continuam a preparar-se para a chegada do furacão Florence. Cerca de 1,7 milhões de residentes decidiram partir. A ordem das autoridades é para a evacuação das zonas costeiras.

O governador da Carolina do Sul, Henry McMaster, repete:

"O tempo está a esgotar-se para partir. Vai chegar um momento em que o sentido se inverte. Vai chegar um momento em que as equipas de socorro não poderão socorrer ninguém porque também terão que se abrigar".

A força do Florence desceu para o nível 2 da escala de Saphir-Simpson, a uma distância de cerca de 500 quilómetros da costa, mas o Centro Nacional dos Furacões diz que se espera, apesar de tudo, uma tempestade muito perigosa, com ventos e chuvas muito fortes.

Os efeitos do furacão deverão fazer-se sentir sobre uma região onde vivem cerca de 5 milhões de pessoas.Os residentes que ficam tentam preparar-se o melhor que podem:

"Isto exige muita preparação. Temos que garantir que temos provisões suficientes de comida, água, baterias, rádios, estojos de primeiros socorros. Garantir que temos tudo o que é preciso para nos mantermos seguros e manter os nossos animais em segurança", diz um residente na Virgínia.

Espera-se que o Florence comece a atingir as regiões habitadas na noite de quinta para sexta-feira, progredindo até sábado.