Última hora

Última hora

"Mangkhut" faz mais de 60 mortos nas Filipinas e pelo menos dois na China

Em leitura:

"Mangkhut" faz mais de 60 mortos nas Filipinas e pelo menos dois na China

Passagem do tufão Mangkhut pelas Filipinas faz mais de 60 mortos
@ Copyright :
REUTERS/Harley Palangchao
Tamanho do texto Aa Aa

A passagem do tufão Mangkhut pelas Filipinas provocou pelo menos 64 mortos, 33 feridos e h ainda mais de 40 pessoas incontactáveis devido aos vários deslizamentos de terras e às inundações provocadas pela tempestade.

As autoridades filipinas estimam que mais de 30 mil famílias foram afetadas pela tempestade. A de Norma Madamba foi uma delas.

"Pensei que o meu filho não iria sobreviver porque os carros não conseguiam andar. Ele estava coberto de sangue e tinha desmaiado. Agradeço a Deus estarmos todos vivos e sem ferimentos graves", afirmou esta residente de Baguio, no centro de Luzon, a principal ilha das Filipinas.

O super tufão Mangkhut já chegou entretanto à China. Entrou no território pela regiões administrativas de Hong Kong e Macau, mas foi na porovíncia de Cantão onde provocou as primeiras vítimas.

De acordo com uma televisão local, pelo menos duas pessoas perderam a vida por causa da tempestade, que estará entretanto a perder força depois de ter chegado ao continente com chuva forte e rajadas de vento a mais de 200 km/hora.

Em Macau, após a tragédia do ano passado com a passagem do Hato a provocar mais de uma dezena de mortos, desta vez há registo apenas de 15 feridos e danos materiais.

Pela primeira vez na região descrita como o maior centro de jogo do mundo as autoridades macaenses decidiram fechar os casinos por causa do mau tempo.

O sinal de alarme acionado por causa do Mangkhut já baixou entretanto, em Macau, do nível dez para o oito.