Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Caso Alexandre Benalla: o ex-funcionário do Palácio do Eliseu será ouvido hoje no Senado

Caso Alexandre Benalla: o ex-funcionário do Palácio do Eliseu será ouvido hoje no Senado
Tamanho do texto Aa Aa

O ex-funcionário do Palácio do Eliseu, Alexandre Benalla, acusado de espancar manifestantes durante os protestos do dia 1° de maio em Paris, será ouvido hoje no Senado.

Alexandre Benalla admitiu já ter cometido um grande erro. No entanto, afirma que não tenciona responder a questões relativas às acusações criminais na audiência de hoje . Na semana passada Benalla mostrou-se paternalista para com o senado, referindo-se ao presidente da comissão como um "pequeno marquês" e queixando-se da falta de legitimidade do Senado para a condução da investigação. Irá assim apresentar-se com uma postura arrogante e não se esperam respostas específicas sobre o caso.

Emmanuel Macron considera que o incidente é uma tempestade num copo de água. Mas o facto é que nas últimas semanas o seu executivo começa a registar baixas, com a demissão do ministro do Ambiente Nicolas Hulot e agora com o anúncio da saída do governo no próximo ano por parte do ministro do Interior Gérard Collomb, um forte aliado político de Macron.

O caso Benalla é um problema sério para Macron. Desde o verão, tendo vindo a afetar a sua popularidade e as duas demissões não transmitem uma mensagem positiva sobre o seu executivo.

Por outro lado, a situação económica na França está a deteriorar, registando o nível de crescimento económico mais baixo da União Europeia e a taxa de desemprego mantém-se, ao contrário de todos os restantes membros da União Europeia.

Face à situação do país, Emmanuel Macron não está a cumprir as suas promessas eleitorais. Por isso, a audiência de hoje no Senado é apenas uma das muitas más notícias das últimas semanas.