Última hora

Última hora

Primeiro campeão do mundo de Judo espanhol

Em leitura:

Primeiro campeão do mundo de Judo espanhol

Primeiro campeão do mundo de Judo espanhol
Tamanho do texto Aa Aa

A japonesa Chizuru Arai renovou esta segunda-feira o título de Campeã do Mundo de judo, nos Mundiais que decorrem em Baku, no Azerbaijão.

A final contra a francesa Marie Eve Gahie não foi pera doce.

Arai começou em desvantagem depois de um waza ari da francesa, mas reergueu-se e respondeu também com um waza ari.

Final empatada. Até que nos instantes finais Arai, consegue imobilizar a francesa Gahie e garantir a vitória.

No final, Arai revelou que foi um combate de muitas emoções.

"O meu objetivo para estes Mundiais era ser bicampeã e conseguir isso é uma grande honra. Foi um combate com muitas emoções e coisas a passar-me pela cabeça. Primeiro ter sofrido logo no ínicio aquele waza ari obrigou-me a dar tudo, e depois conseguir fazê-lo e ganhar o combate... as emoções tomaram conta de mim naquele momento."

Foi a quinta medalha de ouro para o Japão, nestes Mundiais de Baku, o único país onde todos os judocas em competição subiram ao pódio.

Na categoria masculina de menos 90 quilos, a medalha de ouro foi para o espanhol, de origem georgiana, Nikoloz Sherazadishvili.

O judoca, de 25 anos, tornou-se assim no primeiro espanhol campeão do mundo de Judo.

Sherazadishvili foi ultrapassando vários campeões até chegar ao confronto decisivo, contra o cubano Ivan Silva Morales.

Morales começou melhor com um waza ari, mas o espanhol equilibrou o combate ao fazer também um waza ari ao cubano.

O melhor ficou guardado para o fim, com um uchi mata que deu o primeiro ouro no judo masculino à Espanha.

Os portugueses João Martinho e Tiago Rodrigues perderam nas eliminatórias desta categoria.

Esta terça-feira, Jorge Fonseca entra em ação na categoria de menos 100 quilos. Yahima Ramirez e Patrícia Sampaio participam na competição de menos 78 quilos.

Esta segunda-feira destaque também para o treino conjunto dos judocas da Coreia do Norte e da Coreia do Sul, que vão competir como delegação única daqui a três dias, nos Mundiais por equipas.