Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Caso Skripal: um dos suspeitos identificado como um coronel agente do serviços militares da Rússia

Caso Skripal: um dos suspeitos identificado como um coronel agente do serviços militares da Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

De acordo com o site de investigação Bellingcat e o seu parceiro The Insider-Russia, Ruslan Boshirov, um dos suspeitos do ataque ao ex-espião russo Sergei Skripal e à sua filha Yulia com o agente nervoso novichok será, na verdade, o tenente-coronel Anatoliy Chepiga, um agente dos serviços de inteligência militar da Rússia GRU durante 17 anos, nove dos quais trabalhou como agente secreto na forças especiais Spetsnaz.

Anatoliy Chepiga é detentor de mais de vinte distinções, tendo sido condecorado em 2014 com o prémio "Herói da Federação Russa", a mais alta condecoração militar entregue pessoalmente pelo presidente da Rússia.

Para identificá-lo, o site procurou documentos e material fotográfico em várias academias militares e encontrou na academia militar Marshal K. Rokossovsky, no leste da Rússia, uma fotografia do suspeito que foi cruzada com fotografias disponíveis em "fontes abertas" entre os anos de 2001 a 2003.

A fotografia identifica o suspeito como Anatoliy Chepiga, com a legenda "aluno durante uma missão de paz," tendo sido tirada na Tchetchénia. A fotografia foi comparada à do passaporte do indivíduo, onde se constatou tratar-se da mesma pessoa, embora mais nova.

A informação foi também comparada com outra fonte com o registo de endereço na 14.ª brigada das forças especiais Spetsnaz.