Última hora

Última hora

Visita oficial de Erdogan põe 5 mil polícias nas ruas de Berlim

Em leitura:

Visita oficial de Erdogan põe 5 mil polícias nas ruas de Berlim

Visita oficial de Erdogan põe 5 mil polícias nas ruas de Berlim
Tamanho do texto Aa Aa

Está tudo preparado em Berlim para ao início da visita oficial de Erdogan à Alemanha.

Desde 2014 que o presidente da Turquia não pisava terreno alemão. Aterrou esta quinta-feira e, esta sexta, é recebido por Angela Merkel, chanceler do país.

Momento em que Erdogan aterra em Berlim

As medidas de segurança não podiam estar mais apertadas: Foram destacados cinco mil polícias nas ruas de Berlim, e algumas partes da cidade estão bloqueadas ao trânsito.

A segurança máxima de Berlim espera milhares de pessoas esta sexta-feira, o dia em que começa oficialmente a visita do chefe de estado turco à Alemanha.

São esperadas mainfestações de grupos de extrema esquerda e de organizações curdas, aliás, como têm vindo a acontecer desde que foi anunciada a visita de Erdogan.

Protesto contra a visita de Erdogan

Em entrevista à Euronews, Ali Ertan Toprak, líder da Organização Curda da Alemanha, confirmou que está a ser organizada uma manifestação para esta sexta-feira.

"Vamos organizar manifestações pacíficas como manda a nossa a Organização curda da Alemanha. Faremos tudo para não responder a provocações, nem responder a quem as possa lançar.", disse Ali Toprak.

As manifestações que incluem grupos curdos são vistas como uma preocupação para a polícia alemã, até porque, no passado, estes grupos curdos usavam o simbolo da organização PKK, a qual, aos olhos da União Europeia, é uma organização terrorista.

Ali Ertan Toprak, chefe da Organização Curda da Alemanha

O líder da Orgnaização Curda da Alemanha diz não conseguir garantir que o mesmo não possa vir a acontecer esta sexta-feira.

"É claro que existe a possibilidade de jovens, radicalizados e emotivos, mostrarem os símbolos de qualquer maneira. Mas nós, como a Organização curda da Alemanha, não mostraremos símbolos proibidos.", admitiu Ali Ertan Toprak.

No sábado, Erdogan estará em Colónia, no oeste da Alemanha, onde participa na abertura de uma nova mesquita. Os Protestos também são esperados lá.