A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Amnistia Internacional responsabiliza UE pela situação dos refugiados na Grécia

Amnistia Internacional responsabiliza UE pela situação dos refugiados na Grécia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral da Amnistia Internacional, Kumi Naidoo, visitou a ilha de Lesbos. Foi ver as terríveis condições em que vivem os refugiados no Campo de Moria e, no final, responsabilizou a União Europeia.:

"Não é justo que a União Europeia ponha em prática o acordo UE-Turquia, que essencialmente levou a esta farsa. Este sentimento absoluto de injustiça que afeta particularmente as mulheres e as crianças e garante que as pessoas são aqui despojadas de toda a dignidade".

Numa mensagem no Twitter escreveu.

A Amnistia Internacional ouviu mais de cem mulheres e jovens que vivem em campos de refugiados nos arredores de Atenas ou nas ilhas gregas e acaba de publicar um relatório onde abundam relatos de violações de direitos humanos e negligência.