Última hora

Última hora

FMI revê em baixa crescimento económico

Em leitura:

FMI revê em baixa crescimento económico

FMI revê em baixa crescimento económico
Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alerta que o crescimento da economia global vai abrandar este ano e no próximo, devido aos problemas nos mercados emergentes e à guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

"Sempre dissemos que a guerra comercial, as taxas alfandegárias não são úteis globalmente e têm consequências negativas para o crescimento. Mantemos esta visão e esperamos que a razão prevaleça e que todos os atores se sentem à mesa e cheguem a um acordo para melhorar as regras que regem o comércio", apelou a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde.

O FMI reviu em baixa a previsão do crescimento mundial para 3,7% em 2018 e 2019, menos duas décimas do que o inicialmente previsto.

"Se tivermos as duas maiores economias do mundo em desacordo, todos vão sofrer", realçou o economista-chefe do FMI, Maury Obstfeld.

Neste cenário de guerra comercial, em 2019, o PIB dos EUA deve cair 0,9% e o da China 1,6%. O crescimento mundial deve descer 8 décimas em 2020.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem vindo a ponderar a aplicação de uma taxa de 25% sobre os carros provenientes da União Europeia.