Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Nikki Haley deixa administração Trump

Nikki Haley deixa administração Trump
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Não se pode dizer que a administração Trump seja um modelo de estabilidade e esta terça-feira ficou marcada por mais uma saída de peso. Nikki Haley abandonou o cargo de embaixadora norte-americana nas Nações Unidas depois de 18 meses como ponta de lança dos Estados Unidos na ONU.

Apesar da decisão ter apanhado toda a gente de surpresa, Nikki Haley acabou por sair (aparentemente) a bem, contrariamente ao que aconteceu com Rex Tillerson e Steve Bannon. Na hora da despedida, Donald Trump desfez-se em elogios:

"Ela fez um trabalho fantástico, nós fizemos um trabalho fantástico juntos. Resolvemos bastantes problemas e estamos no processo de resolver ainda mais. No início, a Coreia do Norte era um problema enorme e agora está tudo bem. Estamos muito contentes por ti mas detestamos ficar sem os teus serviços, esperamos que voltes qualquer dia, talvez com uma função diferente."

Já a embaixadora demissionária, referiu ter-se tratado da honra de uma vida, aproveitando para negar a intenção de se candidatar às eleições de 2020.

Haley foi o rosto do "América Primeiro", o slogan seguido à risca pela administração Trump nas Nações Unidas, e irá manter-se no cargo até final de 2018.

Para o seu lugar, o presidente dos Estados Unidos anunciou que iria nomear um sucessor dentro de duas ou três semanas.