Última hora

Última hora

EUA pedem respostas a Riade sobre desaparecimento de jornalista

Em leitura:

EUA pedem respostas a Riade sobre desaparecimento de jornalista

EUA pedem respostas a Riade sobre desaparecimento de jornalista
Tamanho do texto Aa Aa

Já correram mundo, as imagens que alegadamente mostram a entrada do jornalista saudita no consulado do seu país, em Istambul, no passado dia 2. A carrinha preta estacionada em frente ao edifício teria sido utilizada para transportar o corpo de Jamal Khashoggi, desaparecido desde então, segundo a teoria que está a ser avançada por oficiais turcos.

O Washington Post tem publicado vários artigos em que aponta para o envolvimento do regime saudita no desaparecimento do seu colaborador.

"Esperemos que resulte algo bom deste caso. Quem quer que esteja por detrás disto, não vamos deixar cair este caso. Nunca vou deixar que isto caia. Nunca vou esquecer isto!", garante Karen Attiah, editora do Global Opinions do Washignton Post.

O presidente dos Estados Unidos diz que tem pedido respostas à Arábia Saudita. "É uma situação má e o facto de ser um repórter faz com que isto atinja outro nível. É uma situação muito séria para nós. O Governo turco está a trabalhar de maneira muito intensa até agora. Por isso, vamos ver o que acontece", afirma Donald Trump.

Um diário turco pró-governamental avançou que os investigadores teriam identificado 15 elementos dos serviços secretos sauditas envolvidos no desaparecimento de Khashoggi.

O presidente turco disse que os procuradores estão a seguir várias linhas de investigação.

"A Turquia precisa dos sauditas e talvez seja por isso que ouvimos uma resposta mais cautelosa. Precisam de investimento saudita, de turismo saudita e, em menor grau do seu petróleo. E neste momento, a Turquia enfrenta uma crise económica", lembra a correspondente da Reuters em Istambul, Emily Wither.

Várias pessoas protestaram em Washington frente à Embaixada da Arábia Saudita, país que continua a negar qualquer responsabilidade no desaparecimento do jornalista.