EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Grande Prémio de Cancun: Ouro para Paula Pareto, Prata para a Portuguesa Catarina Costa

Grande Prémio de Cancun: Ouro para Paula Pareto, Prata para a Portuguesa Catarina Costa
Direitos de autor 
De  Monica Carlos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A campeã olímpica do Rio 2016 e medalhista de bronze de 2018 Paula Pareto revelou-se a mulher do dia.

PUBLICIDADE

No primeiro dia do Grande Prémio de Cancun de 2018, a campeã olímpica do Rio 2016 e medalhista de bronze de 2018 Paula Pareto revelou-se a mulher do dia. Tendo sido nomeada modelo do atletismo nos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, a campeã voou diretamente para o México, onde superou a portuguesa medalhista de ouro do Grande Prémio de Antália Catarina Costa, na final da categoria mais leve dos -48kg. O combate tenaz entre as duas judocas terminou com dois waza-ari de Pareto, que lhe valeram a medalha de ouro pela Argentina.

“Estou muito feliz porque o apuramento para os olímpicos acabou de começar, pelo que estes resultados são excelentes para mim,” comentou á Euronews. “Foi uma honra ser nomeada atleta modelo em Buenos Aires, juntamente com o Ilias Iliadis, que é um atleta excelente e um grande campeão,” acrescentou.

Na competição masculina, Tornike Tsjakadoea foi o homem do dia. O judoca conquistou a sua primeira medalha no World Judo Tour da Federação Internacional de Judo, ao derrotar o francês Luka Mkheidze na final de -60kg, recuperando de um waza-ari de desvantagem.

“Luka Mkheidze esteve a alto nível. Tive um shido, depois outro e também um waza-ri de desvantagem, por isso tive que correr riscos. Nunca pensei que seria um campeão hoje, é uma sensação tremenda,” disse Tsjakadoea.

Nos -57kg femininos, a campeã olímpica Rafaela Silva, que ganhou o Grande Prémio de Budapeste em Agosto, venceu numa final pan-americana a canadiana Jessica Klimkait e conquistou a medalha de ouro.

A final dos -66kg masculinos foi russa. O judoca Aram Grigoryan derrotou o medalhista Mikhail Puliaev com um brilhante confronto no tatami que lhe deu o controlo do adversário a vitória por ippon.

Nos -52kg femininos, a espanhola medalhista de bronze do Grande Prémio de Hohhot Ana Perez Box defrontou a polaca Agata Perenc sagrando-se campeã com um derradeiro waza ari.

A Portuguesa Joana Ramos arrebatou o bronze nos -52kg.

O momento do dia coube a Lenin Preciado, que levou para casa a primeira medalha do Equador no campeonato, um feito notável que fez subir para 16 o número de países que conquistaram medalhas no primeiro dia do Grande Prémio no México. Uma prova inelutável da incrível universalidade do judo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grande Prémio de Cancun - Ouro para quatro países e Yahima Ramirez eliminada

Grande Prémio de Cancun – Ouro duplo para a Áustria e Jorge Fernandes eliminado