EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Brasil 2018: Homenagem a Marielle Franco entra na campanha

Brasil 2018: Homenagem a Marielle Franco entra na campanha
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

7 meses depois da morte da vereadora e ativista dos direitos humanos, manifestantes exigem respostas. Em São Paulo, apoiantes de Bolsonaro saem à rua para gritar "ele sim!"

PUBLICIDADE

Uma rua em nome de Marielle Franco. Mil placas distribuídas numa ação simbólica no Rio de Janeiro, sete meses depois do assassinato da vereadora e ativista dos direitos humanos.

Homenagem em forma de alerta para o tempo presente. Patrícia Felix, advogada e apoiante de Marielle diz que a primeira razão da manifestação é saber "quem matou Marielle Franco", mas sublinha que é "uma luta pela democracia, porque o Brasil corre o risco de perder o direito à manifestação".

Nas ruas do Rio de Janeiro ouviu-se "Ele não"; "Bolsonaro não".  Frases com um eco diferente nas ruas de São Paulo, onde uma manifestação de apoio ao candidato de extrema direita gritou a plenos pulmões "Ele Sim".

O candidato continua a participar na campanha apenas através das redes sociais.

Jair Bolsonaro lidera as sondagens para a segunda volta das eleições presidenciais de 28 de outubro com mais de 10 pontos percentuais de Fernando Haddad, o candidato do PT.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antigos prisioneiros políticos receiam Bolsonaro

Dança criada por jovens nas favelas do Rio é declarada património cultural

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados