Última hora

Última hora

Trump denuncia presença de criminosos e extremistas na caravana

Em leitura:

Trump denuncia presença de criminosos e extremistas na caravana

Trump denuncia presença de criminosos e extremistas na caravana
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte-americano disse que a caravana de migrantes da América Central que se dirige para os Estados Unidos inclui membros de gangues armados e indivíduos provenientes do Médio oriente.

"Temos andado a dar tanto dinheiro a tantos países durante tanto tempo. Não é justo e não é bom"

Donald Trump Presidente, EUA

Na segunda-feira, Trump prometeu reduzir o auxílio norte-americano a três países da América central: a Guatemala, Honduras e El Salvador.

"Temos andado a dar tanto dinheiro a tantos países durante tanto tempo. Não é justo e não é bom. E quando lhes pedimos para manterem as pessoas nos seus países, não fazem nada", disse Trump.

Falando a jornalistas, o presidente adiantou que a caravana inclui elemntos do famoso grupo criminoso MS-13 assim como indivíduos originários do Médio Oriente. Trump prometeu que iria travar o seu avanço.

A caravana de migrantes já se encontra no México. O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, afirma que os migrantes estão a dificultar a situação.

"...ao manterem esta posição, vai ser muito difícil alcançarem o objetivo de entrar nos Estados Unidos ou de ficarem no México", disse Peña Nieto ao discursar numa conferência sobre investimentos.

Estima-se que a caravana seja composta por cerca de sete mil pessoas.

Donald Trump enfrenta eleições intercalares em novembro e a imigração é um dos pontos fortes da campanha.