Última hora

Última hora

É cada vez mais difícil chegar à Europa a partir do Níger devido aos fundos europeus

Em leitura:

É cada vez mais difícil chegar à Europa a partir do Níger devido aos fundos europeus

É cada vez mais difícil chegar à Europa a partir do Níger devido aos fundos europeus
Tamanho do texto Aa Aa

Todas as semanas, um vai e vem de veículos passa pelo posto de controlo de Agadez. A cidade do centro do Níger é um ponto de passagem para quem ruma em direção à Líbia, para depois seguir para a Europa.

A euronews falou com um grupo de africanos que fez o caminho inverso, fugindo do inferno líbio. "Não podemos contar tudo o que se passou porque é extremamente grave", disse um cidadão do Burkina Faso.

O número de viagens para a Líbia a partir do Níger baixou drasticamente desde a entrada em vigor de uma lei para travar a imigração ilegal. Um rude golpe para a economia local que dependia da atividade do transporte de imigrantes.

Os fundos europeus destinados à reconversão profissional dos antigos passadores não compensaram as perdas e há quem continue a trabalhar ilegalmente, apesar dos riscos.

"Temos de passar por rotas alternativas para evitar os guardas armados. O caminho é mais longo e mais perigoso. Sabemos que é perigoso, mas para nós o maior perigo é não poder alimentar a família", contou um passador.

Para muitos jovens, a viagem em direção à Europa é a única solução para ter uma vida melhor.

"Há milhares de jovens no meu país que se vão embora porque não há razão alguma para ficar. Por isso, estão dispostos a arriscar a vida", disse Drogba Sumaru, que vem da Costa do Marfim e está à espera de ser chamado por um passador para poder iniciar a viagem para a Líbia.

Além da população local, Agadez acolhe atualmente milhares de migrantes. Alguns esperam regressar ao país de origem, outros aguardam a possibilidade de poder viajar legalmente para a Europa.

"Não podemos voltar para casa. Por isso, procuramos um sítio que seja um pouco mais acolhedor para nós, para estarmos em segurança e tentarmos ter um pouco mais de sorte na vida", contou Ibrahim Abulaye, requerente de asilo.

A política migratória da UE no Níger e a rota do deserto para chegar à Líbia são os temas da reportagem exclusiva da euronews para ver, esta semana, em Insiders.