Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Irlanda vota em presidenciais e referendo sobre "delito de blasfémia"

Irlanda vota em presidenciais e referendo sobre "delito de blasfémia"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Irlanda vai a votos, esta sexta-feira, para eleger o novo presidente: Em liça estão seis candidatos, incluindo o atual chefe de Estado Michael D. Higgins, que procura a reeleição. Mas há também um referendo a votos, no mesmo dia. Os irlandeses vão decidir se é ou não revogado um dos artigos mais controversos da constituição, fruto da pesada herança religiosa do país: o delito de blasfémia. No país, dizer mal de Jesus, de Deus, da Bíblia ou da Virgem é contra a lei fundamental, mesmo se a lei é considerada obsoleta e não foi aplicada na história recente. O caso que trouxe o assunto de novo à baila aconteceu quando o humorista e realizador Stephen Fry disse, numa entrevista, que "Deus é estúpido". Acabou por não haver qualquer processo contra ele.

A famosa entrevista de Stephen Fry à TV irlandesa

Em maio, os irlandeses votaram, em referendo, a favor da legalização do aborto, três anos depois da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Para breve, mas ainda sem data marcada, está um novo referendo, sobre o artigo da constituição que diz que o lugar da mulher é no lar. Um artigo também ultrapassado, tendo em conta que o país teve já duas mulheres presidentes.