Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

O fim da era Merkel na Alemanha: chanceler sai da liderança da CDU

O fim da era Merkel na Alemanha: chanceler sai da liderança da CDU
Tamanho do texto Aa Aa

É o anúncio do fim do reinado de Angela Merkel na Alemanha. A chanceler não vai apresentar-se à reeleição como presidente da CDU.

Segundo diversos media alemães, Merkel terá informado a direção do partido, na sequência da eleição regional do estado do Hessen, onde as forças da grande coligação governativa sofreram fortes perdas eleitorais.

Antes, Angela Merkel tinha manifestado a intenção de brigar de novo, no congresso de dezembro, a presidência da União Democrata Cristã, que dirige há 18 anos, o que desagradava aos setores mais conservadores.

Até agora, nunca surgiram candidaturas para uma possível sucessão. O líder parlamentar , Friedrich Merz , diz-se agora pronto para ser o senhor que se segue, se o partido assim o entender.

A saída da chanceler da liderança do partido, não significa, no entanto, o abandono do governo. Merkel anunciou a intenção de cumprir o mandato de chanceler que se estende até 2021, uma posição contrária à que sempre defendeu.

Angela Merkel sempre defendeu que a chefia do partido e a chefia do governo tinham que ser incarnados pela mesma pessoa; ao permanecer na chancelaria vai permitir ao sucessor ter dois anos para consolidar a liderança do partido e a preparação para um possível governo.