Última hora

Trump diz que bebés de imigrantes nascidos nos EUA não merecem nacionalidade

Trump diz que bebés de imigrantes nascidos nos EUA não merecem nacionalidade
Tamanho do texto Aa Aa

A uma semana das eleições intercalares, Donald Trump admitiu que quer mudar a legislação dos EUA para que os bebés de imigrantes que nascem em território norte-americano não tenham nacionalidade do país.

As declarações foram divulgadas numa entrevista transmitida pelo canal norte-americano HBO.

"Pode mudar-se tudo com um ato do Congresso, mas agora eles dizem-me que eu posso fazer isto apenas com uma ordem executiva.", admitiu Donald Trump.

"Quão ridículo é sermos o único país no mundo onde uma pessoa vem, tem um bebé, e o bebé passa a ser um cidadão dos Estados Unidos com 85 anos com de benefícios. É ridículo. É ridículo e tem que acabar.", conclui o presidente norte-americano.

Reuters
Caravana de migrantes a chegar ao MéxicoReuters

Esta notícia chega depois dos EUA admitirem que vão enviar para a fronteira com o México mais de 5 mil militares,a juntar aos 2 mil que já lá estão. O objetivo: parar a caravana de migrantes centro-americanos.

O governo de Donald Trump adiantou também que ainda haverá mais um reforço de militares, tendo em conta que estes migrantes só devem chegar à fronteira dos EUA daqui a algumas semanas.

Mas não só os EUA protegem a fronteira. O México também anunciou um reforço de militares na divisão fronteiriça com a Guatemala.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.