Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

7 mil soldados no sul dos EUA para travar caravana de migrantes

Migrantes atravessam México para chegar aos EUA
Migrantes atravessam México para chegar aos EUA -
Direitos de autor
REUTERS/CARLOS GARCIA RAWLINS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ao Texas, Arizona ou Califórnia, continuam a aterrar aviões carregados de soldados e equipamento militar.

Até domingo à noite, serão mais de sete mil os militares deslocados com a missão de patrulhar a fronteira com o México.

O Presidente Donald Trump quer travar as caravanas de migrantes da América Central que se dirigem para o país para pedir asilo.

Homens, mulheres e crianças que fogem da violência e pobreza das Honduras ou Guatemala e que há mais de duas semanas caminham rumo aos Estados Unidos. Já estão no México e, segundo as autoridades mexicanas, serão cerca de duas mil e oitocentas a três mil pessoas.

Uma invasão, considerou Trump, que já disse que vai ser travada na fronteira. Os migrantes serão colocados em campos de tendas e ali esperar que sejam expulsos ou vejam aprovado o pedido de entrada nos Estados Unidos.

Na terça-feira, acontecem as eleições intercalares nos Estados Unidos e o Presidente norte-americano fez da imigração o tema central da campanha.