Última hora

Última hora

Cluster europeu de 100 empresas promove bioeconomia

Em leitura:

Cluster europeu de 100 empresas promove bioeconomia

Cluster europeu de 100 empresas promove bioeconomia
Tamanho do texto Aa Aa

O cluster Paper Province, na Suécia, promove a transição entre uma economia baseada no plástico e no petróleo e uma economia responsável do ponto de vista ambiental e social, a chamada bioeconomia. O projeto é apoiado pelo fundo de coesão da União Europeia.

O cluster integra uma empresa sueca de fabrico de caiaques.

"Decidi que queria construir os mais belos caiaques do mundo, de uma forma sustentável, para mudar completamente a indústria. É importante quando as empresas compreendem o valor da transição entre o uso do plástico e o uso de matérias sem petróleo", explicou Pelle Stafshede, presidente da Melker.

...

A organização sueca é composta por 104 empresas e por vários investigadores e especialistas. O orçamento total ronda os 9 milhões de euros. Um terço do montante é financiado pelo Fundo de Coesão da União Europeia.

Há vários produtos em teste desde embalagens a material desportivo. A maioria ainda não chegou ao comércio, mas já há empresas prestes a lançarem as novidades no mercado. É o caso dos caiaques da Melker.

Graças a uma impressora 3D, em poucas horas, é possível imprimir caiaques a partir de granulado de madeira e milho. Pelo mesmo preço, os novos caiaques têm uma pegada ecológica muito inferior às embarcações de poliestireno.

"Aquelas árvores que estamos a ver ali representam carbono. Um metro cúbico de madeira contém 900 quilos de CO2. Plantamos cerca de três arvóres para cada árvore cortada. Na Suécia, os cortes são inferiores ao crescimento anual. Estamos a aumentar o nosso capital florestal", sublinhou Thomas Bajer, gestor florestal do projeto.

O conceito de bioeconomia refere-se a uma economia responsável não só do ponto de vista ambiental mas também social. O projeto Paper Province promove a paridade homem-mulher nas empresas.