Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

EUA: intercalares de meias-vitórias

EUA: intercalares de meias-vitórias
Tamanho do texto Aa Aa

Foram umas intercalares de meias-vitórias para Democratas e Republicanos nestas eleições de seis de novembro.

O Partido Republicano perde o controlo da Câmara de Representantes e continua com a maioria no Senado, perdendo oito lugares de Governador.

As principais projeções indicam que o Partido Democrata deverá ficar com pelo menos 227 lugares, contra 208 dos Republicanos.

No Senado, as projeções indicam que os Republicanos devem manter o controlo, reforçando com entre um e três lugares (54 contra 46).

Na disputa pelos postos de Governadores dos estados, as projeções do início desta manhã de quarta-feira indicam que os Democratas deverão ganhar oito novos estados, aumentando a vantagem de 16 que já tinham sobre os Republicanos.

"Um novo dia"

O presidente Donald Trump telefonou à líder dos democratas na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, para a felicitar pela vitória do seu partido naquele órgão do Congresso norte-americano.

"Amanhã começa um novo dia na América," disse Nancy Pelosi, líder dos Democratas na Câmara dos Representantes, durante um discurso aos jornalistas em Washington DC.

A líder dos Democratas na câmara baixa falou no início de uma legislatura "marcada pelo diálogo" e pela "transparência."

Pelosi referiu a necessidade de defender as "famílias dos trabalhadores" da América e os grupos mais desprotegidos, como as crianças e os idosos. Disse ainda que os Democratas lutariam pela "estabilidade financeira dos norte-americanos."