Última hora

Última hora

Igualdade de género em destaque na Web Summit

Em leitura:

Igualdade de género em destaque na Web Summit

Igualdade de género em destaque na Web Summit
Tamanho do texto Aa Aa

O mundo tecnológico e dos negócios foram considerados, até há poucos anos, um mundo de homens, onde as mulheres assumiam um papel secundário. Na Web Summit, em Lisboa, discutiu-se a igualdade de género.

Entrevistada pela euronews, a vice-presidente e responsável pelo marketing da IBM, Michelle Peluso, referiu que desde cedo, a empresa teve como objetivo a constituição de equipas inclusivas.

"Estou muito entusiasmada por vivermos num mundo onde estão a aparecer tantas mulheres extraordinárias, nos governos, na sociedade, nos negócios, nas tecnologias e nas novas empresas. Acredito, piamente, que as melhores equipas são as inclusivas. É excelente ver tantas mulheres, hoje, aqui na Web Summit em ascensão."

Questionada sobre se, hoje, a mentalidade das grandes companhias está a mudar, em relação às mulheres, Peluso acredita que sim.

"A IBM existe há 107 anos e a inclusão fez sempre parte do ADN. Desde muito cedo o nosso presidente executivo disse, nos anos 50, que iríamos contratar pessoas independentemente da etnia, do género, do credo, etc. Portanto, esta noção de criar equipas inclusivas está no cerne da IBM. Penso que, cada vez mais, o momento está a exigir que todas as companhias façam mais... Conhecemos o potencial das mulheres, sabemos que temos de ter políticas para atrair as mulheres para as nossas companhias. Sabemos o que temos de fazer para mantermos mulheres extraordinárias, pagar-lhes de maneira justa. Penso que a maioria dos executivos, no mundo, estão a pensar no que podem fazer para construírem equipas mais inclusivas."

A vice-presidente da IBM refere, ainda, que atualmente os presidentes executivos das empresas estão mais sensíveis à questão da igualdade de género.

"Vejo muitas ações, vejo muitos homens extraordinários que, como sabemos, ocupam a maioria dos lugares executivos, vejo que muitos deles estão a fazer coisas, de forma apaixonada, para assegurar que têm equipas que reflitam o mundo."