EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Suíços chumbam primazia do direito nacional em detrimento do direito internacional

Suíços chumbam primazia do direito nacional em detrimento do direito internacional
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Eleitores suíços chumbaram este domingo duas iniciativas populares: uma pretendia dar mais poder à justiça nacional, outra dar subsídios aos proprietários de vacas e cabras que decidem não eliminar os chifres desses animais.

PUBLICIDADE

Domingo de referendos na Suíça, as duas iniciativas populares foram chumbadas. 63% dos eleitores votou contra uma iniciativa popular intitulada "Sim ao Direito suíço, não aos juízes estrangeiros".

A proposta de um partido conservador de direita queria dar primazia à constituição federal suíça sobre o direito internacional. Os críticos defendiam que esta mudança colocaria em riscos os direitos humanos.

A outra iniciativa que também não passou do papel foi a atribuição de um subsídio público aos proprietários de vacas e cabras que decidem não eliminar os chifres desses animais.

54% dos eleitores não concordou com a ideia do agricultor e ativista Armin Capaul, que não se conforma com o facto de apenas 10% das vacas na Suíça terem cornos, mesmo sendo essa ser a imagem de marca do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Roménia: excesso de produção de melancia causa problemas a produtores

Governo australiano saúda libertação de Julian Assange

Tribunal russo condena soldado americano a quase quatro anos de prisão por roubo