Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Trump questiona acordo entre Reino Unido e UE

Trump questiona acordo entre Reino Unido e UE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A primeira-ministra britânica iniciou esta terça-feira um périplo pelo Reino Unido para explicar o acordo do Brexit firmado no fim-de-semana em Bruxelas.

"O Reino Unido poderá não poder fazer comércio com os Estados Unidos e penso que esse não é de todo o objetivo"

Donald Trump Presidente, EUA

Na segunda-feira, Theresa May dirigiu-se ao parlamento britânico e disse que a rejeição do acordo significaria mais instabilidade e incerteza.

Para May, a prioridade é ter uma política comercial independente.

"Teremos uma política comercial independente e vamos poder assinar acordos de comércio com outros países e com o resto do mundo. Quanto aos Estados Unidos, já iniciámos conversações sobre o tipo de acordo que queremos no futuro, temos um grupo de trabalho que está a funcionar bem, reuniu-se várias vezes, e continua a trabalhar com os Estados Unidos", disse a primeira-ministra.

No entanto, do outro lado do Atlântico, o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou que o acordo assinado com a União Europeia levanta questões quanto ao futuro das relações Estados Unidos / Reino Unido.

"Neste momento, o Reino Unido poderá não poder fazer comércio com os Estados Unidos e penso que esse não é de todo o objetivo. Isso é algo muito negativo para um acordo", disse Trump.

De recordar que a promessa de um acordo de livre comércio com os Estados Unidos foi um dos principais argumentos utilizados pelos defensores da saída do Reino Unido da União Europeia.

O acordo assinado entre Londres e Bruxelas será sujeito a um voto no parlamento no dia 11 de dezembro.