O maior desafio de Garrett McNamara

O maior desafio de Garrett McNamara
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de conquistar as ondas gigantes, o surfista norte-americano quer agora vencer a guerra contra o plástico

PUBLICIDADE

As ondas gigantes pertencem ao passado e o desafio que se segue é bem maior: limpar os oceanos. Garrett McNamara lançou uma campanha para combater a poluição marinha e devolver ao mar tudo o que recebeu ao longo de uma carreira de sucesso.

O surfista norte-americano encetou esta luta em Lisboa com a família em mente. Para McNamara, é preciso agir agora para assegurar um futuro digno para os seus filhos:

"Temos de estar preocupados, temos de mudar agora. Não é o nosso futuro, é agora, é o nosso desafio. O governo precisa de declarar estado de emergência e aprovar leis imediatamente, com um estado de emergência é possível agilizar o processo, é possível fazê-lo já."

De acordo com as Nações Unidas, todos os anos os oceanos são contaminados por mais de oito milhões de toneladas de plástico, que provocam a morte de um milhão de aves marinhas e de cem mil animais aquáticos.

#ListenToBarrel

#ListenToBarrel #ConsciousMcNamara After discovering and pioneering the biggest wave in the world, Garrett McNamara and his family are ready to give back to the ocean that has given them so much and continues to give us all 70% of our breathable oxygen. We can’t wait for Superman to clean it up. 4-year old Barrel is doing it. Please share and inspire us with what you are doing and who you're doing it with to be the change and to be the difference. We can all come up with problems but we would love to hear your solutions.

Publiée par Garrett McNamara sur Mercredi 7 novembre 2018

Editor de vídeo • Bruno Sousa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Maior feira de viagens do mundo destaca tendências do turismo

Flor-cadáver desabrochou em São Francisco

Poluição dos oceanos em debate na Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio