Última hora

Ucrânia teme invasão por parte da Rússia

Ucrânia teme invasão por parte da Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Continua a aumentar a tensão entre Kiev e Moscovo. A Ucrânia está a proibir a entrada de russos do sexo masculino, entre os 16 e os 60 anos, desde esta sexta-feira, no país. Já a Rússia garante que não tem planos para tomar medida idêntica no dia em que surge a informação de que os ucranianos detidos, no domingo, terão sido levados para uma prisão em Moscovo, cidade onde vão ser julgados.

A situação degrada-se depois de um primeiro confronto, no domingo, com navios russos a dispararem contra navios ucranianos e a apreenderem embarcações de Kiev no mar de Azov. Na sequência deste incidente, pelo qual ambos os países se desresponsabilizam, a Ucrânia impôs a lei marcial alegando temer que a Rússia esteja a planear uma invasão, em larga escala, ao país. Kiev está ainda a considerar se e como responde ao incidente.

Já a Rússia enviou, na quinta-feira, uma divisão do sistema de defesa aérea C-400 para a Crimeia, que está pronta a intervir.

Quinta-feira o rublo desvalorizou depois do presidente dos EUA, Donald Trump, ter cancelado um encontro com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, na Argentina, à margem da cimeira do G20, devido à tensão com a Ucrânia. Temem-se novas sanções a ser impostas à Rússia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.