A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trabalhadores da Amazon em greve na Alemanha

Trabalhadores da Amazon em greve na Alemanha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores alemães da gigante das vendas online, Amazon, estão em greve. O protesto começou em apenas algumas das 11 filiais do grupo no país, mas outras prometem juntar-se até ao dia de Natal.

"A Amazon quer fazer tudo à sua maneira, decidir os salários, decidir as condições de trabalho e não ligar aos sindicatos. Isto é o modelo deles nos Estados Unidos. Aqui é diferente. Aqui os trabalhadores têm voz", afirma o secretário do sindicato Ver.di na Vestefália, Karsten Rupprecht.

Segundo os sindicatos, os trabalhadores da Amazon têm salários mais baixos do que a média do setor do comércio de retalho e online.

Se a greve puser em risco a entrega das encomendas para o Natal, o sindicalista lembra que há sempre o comércio tradicional: "Bem, quem não tiver todos os presentes pode dirigir-se às lojas de Natal e comprá-los. Porque assim terá a certeza de que terá algo debaixo da árvore para oferecer aos seus".

Para além do aumento dos salários, os grevistas reivindicam a conclusão de uma convenção coletiva de trabalho, de acordo com o que acontece no setor das vendas na Alemanha. Uma reivindicação que Amazon rejeita há cinco anos.