Última hora

Última hora

Financial Times nomeou George Soros pessoa do ano

Financial Times nomeou  George Soros  pessoa do ano
Tamanho do texto Aa Aa

O jornal de negócios britânico Financial Times nomeou George Soros como a pessoa do ano 2018.

O multimilionário e filantropo de origem húngara "tornou-se um porta-estandarte da democracia liberal, um conceito cercado pelos populistas", escreveu o jornal.

Soro ganhou especial notoriedade quando foi considerado inimigo da Hungria pelo primeiro-ministro, Viktor Orbán.

A propósito das manifestações populares em curso nas ruas, contra recente legislação laboral, um porta-voz do governo, Zoltan Kovacs, disse que estavam a ser orquestradas por uma oposição fraca e ativistas pagos pelo estrangeiro.

"Os cidadãos têm o direito de protestar, desde que não violem a lei. Mas cuidado quando uma pequena minoria de ativistas treinados no exterior, representantes de partidos perdedores e golpistas da rede Soros surgem empenhados em derrubar um governo popular democraticamente eleito", escreveu num blogue, na passada segunda-feira.

Um porta-voz da Fundação Open Society, criada por George Soros, respondeu que não estavam envolvidos nos protestos.