Última hora

Filho de Kaddafi é o preferido da Rússia para futuro da Líbia

Filho de Kaddafi é o preferido da Rússia para futuro da Líbia
Tamanho do texto Aa Aa

A seguir a Kaddafi pode surgir um outro Kadafi à frente da Líbia. Muammar Kaddafi morreu em 2011 e deixou um vazio no poder. Agora, o filho Saif al-Islam é apontado em alguma imprensa internacional como o preferido da Rússia para assumir os destinos líbios.

Com a menor presença dos Estados Unidos na política internacional, Vladimir Putin quer preencher esse vazio e influenciar os destinos de um dos países mais ricos de África em recursos naturais.

A aposta russa parecia recair no general Khalifa Haftar, que controla a produção petrolífera no leste do país.

No entanto, a política externa russa quer manter as opções em aberto e a mais segura é mesmo Saif Al-Islam, com base nas décadas de relação que Moscovo teve com Muammar Kaddafi.

No horizonte do Kremlin está não só o controlo dos recursos, mas também a perspetiva de muitos milhões em projetos de reconstrução de uma Líbia dividida em fações e numa longa guerra pelo poder.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.