Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

RD Congo: oposição e coligação do governo reclamam vitória

RD Congo: oposição e coligação do governo reclamam vitória
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na República Democrática do Congo a internet foi cortada em vários pontos do país, tudo indica que num esforço do governo para impedir a especulação dos media sobre os resultados das eleições deste domingo.

A votação foi marcada por vários atrasos e os observadores denunciaram irregularidades durante todo o processo. Neste momento, tanto a oposição como a coligação no governo dizem que venceram as eleições.

O atual presidente, Joseph Kabila, deixa o cargo depois de 17 anos e apoia o seu antigo ministro do Interior, Emmanuel Ramazani Shadary.

Os dois principais candidatos da oposição são Martin Fayulu, antigo executivo do petróleo, e Felix Tshisekedi, filho do veterano líder da oposição Etienne Tshisekedi.

Os votos estão a ser contados mas os resultados provisórios não são esperados antes do próximo domingo, dia 6 de janeiro.