Última hora

Última hora

Theresa May garante votação do Brexit

Theresa May garante votação do Brexit
Tamanho do texto Aa Aa

O acordo para o Brexit está prestes a conhecer finalmente o momento decisivo.

A primeira-ministra britânica garante que a votação vai mesmo acontecer e cabe agora aos deputados aprovar ou não o documento para a saída do Reino Unido da União Europeia. A decisão está agendada para o meio do mês.

Em entrevista à BBC, Theresa May garantiu que o sufrágio vai realizar-se após uma semana de debate parlamentar. Serão poucos dias para convencer trabalhistas e conservadores das vantagens de aprovar o acordo alcançado com o bloco comunitário.

Se, por um lado, os deputados temem a incerteza que se perspetiva ao não aprovarem o documento, por outro, o documento parece não satisfazer as ambições da maioria.

De acordo com um inquérito realizado pela campanha anti-Brexit People's Vote, apenas 22 porcento dos eleitores afirmam querer ver o acordo de May implementado, face aos 53 porcento que desejam um segundo referendo.

A saída do Reino Unido da União Europeia está marcada para 29 de março, mas poucos parecem acreditar num divórcio amigável, que é como quem diz numa aprovação do acordo entre as duas partes.

Theresa May já admitiu tratar-se de um "território desconhecido", quando questionada sobre o futuro dos britânicos num cenário de não-acordo.