Última hora

Última hora

Coletes amarelos: pugilista agride polícia

Coletes amarelos: pugilista agride polícia
Tamanho do texto Aa Aa

As imagens de um homem a agredir repetidamente um polícia durante a 8ª manifestação do movimento coletes amarelos em Paris tornaram-se virais. O homem, um ex-pugilista profissional, justificou a ação antes de se entregar às autoridades.

Num outro vídeo, também se vê o mesmo homem a agredir um polícia no chão.

O homem, o ex-pugilista profissional Christophe Dettinger, justificou a ação antes de se entregar às autoridades.

“Queridos amigos coletes amarelos, o meu nome é Christophe Dettinger, eu sou aquele que confrontou os polícias neste sábado dia 5. Após ser espancado, agredido e levar com gás lacrimogéneo, nos últimos dias, eu fiquei furioso e com vontade de bater nos polícias. E tive uma reação muito má, sim, eu fiz mal. Franceses, coletes amarelos, o meu coração está com vocês. Continuemos a nossa luta, pacificamente, mas continuemos, por favor!,” declarou Christophe Dettinger num vídeo publicado na internet.

A confissão foi gravada antes da manhã de segunda-feira, quando se entregou à polícia. Foi isso que confirmou o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. De acordo com a lei francesa, o ex-pugilista corre o risco de uma sentença de 5 anos de prisão e uma multa de até 75.000 euros.

Durante o fim de semana, muitos confrontos aconteceram em vários pontos do território francês entre "coletes amarelos" e a polícia. Em Toulon, o conselho de inspeção da polícia instaurou um inquérito após um comandante da polícia local ter atitudes violentas, sem motivo aparente, contra os manifestantes.