Última hora

Última hora

Coletes amarelos nas ruas de França pelo nono sábado consecutivo

Coletes amarelos nas ruas de França pelo nono sábado consecutivo
Tamanho do texto Aa Aa

Ao nono sábado de contestação dos coletes amarelos a polícia voltou a reforçar os efetivos mobilizados para controlar os protestos do movimento que exige a demissão do presidente Emanuel Macron. Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas em todo o país para dar continuidade às manifestações que deixam o governo e a presidência sob pressão.

Um dos líderes dos coletes amarelos explica o que se pretende para já."As nossas exigências são muito simples e as respostas são violentas ou duras. Se existir um verdadeiro passo do lado deles, um reconhecimento real de que estamos nas ruas, de que Macron fala sobre isto nas suas intervenções nos média, então aí haverá algum progresso", diz Eric Drouet.

Em Bourges, a 200 quilómetros de paris, mais de um milhar de coletes amarelos marcharam até ao centro da cidade apesar da proibição decretada pelas autoridades locais.

Na terça-feira, o governo abre o que chama de grande debate nacional para ouvir a opinião dos franceses sobre os problemas que mais lhes afligem.