Última hora

Ferrari troca de diretor desportivo

Ferrari troca de diretor desportivo
Tamanho do texto Aa Aa

Onze anos sem vencer o título mais cobiçado no mundial de Fórmula 1 fazem rolar cabeças na Ferrari. Maurizio Arrivabene deixa o cargo de diretor desportivo e será substituído por Mattia Binotto.

Arrivabene tinha assumido o cargo em novembro de 2014 e nas quatro temporadas como diretor desportivo, nunca conseguiu romper a hegemonia da Mercedes, que venceu todos os títulos de pilotos e construtores em discussão.

O último piloto da escuderia italiana a sagrar-se campeão do mundo foi Kimi Räikkönen, em 2007. O finlandês despediu-se este inverno da equipa e será substituído por Charles Leclerc. O piloto monegasco fará equipa com o alemão Sebastian Vettel em 2019.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.